4 mentiras que podem destruir seu casamento

Toda mentira é nociva e gera prejuízos à relação, mas mentir ou omitir os fatos a respeito desses quatro assuntos pode causar danos irreversíveis.


Erika Strassburger

Segundo artigo publicado no The Huffington Post, uma pesquisa feita no Reino Unido com mais de duas mil pessoas casadas revelou que 20% delas guardavam um grande segredo de seus cônjuges. E destas, uma entre quatro disse que seu segredo era tão terrível que, se descoberto, provavelmente causaria o término de seu casamento.

Uma das maiores razões para os cônjuges mentirem e omitirem a verdade de seus parceiros é a falta de coragem para encarar a verdade e arcar com as consequências de suas más escolhas que, muitas vezes, podem ser extremamente desagradáveis.

Toda mentira é nociva e gera prejuízos à relação, mas mentir ou omitir os fatos a respeito desses quatro assuntos pode causar danos irreversíveis.

1. Dinheiro

Já foi dito que o bolso é a “parte do corpo” que mais dói. Por isso, esconder gastos e dívidas, mentir sobre o quanto ganha, esconder uma situação financeira difícil ou manter uma conta secreta causará uma crise bem séria no casamento.

Para que o dinheiro não se torne o motivo de uma separação, você e seu cônjuge precisam decidir de comum acordo como gerir suas finanças, e honrar o acordo firmado com honestidade e transparência.

2. Amizades

Se uma pessoa sente necessidade de mentir ao cônjuge a respeito de quem são seus amigos, como eles se comportam e quanto tempo passa com eles, é por que algo está fora do lugar nessas amizades.

Talvez o marido esteja passando muito tempo na companhia de seus amigos e mente para a mulher que está fazendo outras coisas. Ou seus amigos mantêm casos extraconjugais e tentam persuadi-lo a fazer o mesmo. Ou, quem sabe, ele está próximo demais de uma amiga.

Advertisement

Talvez a esposa esteja tendo conversas íntimas demais com seu colega de trabalho. Ou sua amiga esteja envenenando-a contra seu marido. Ou ela tenha um novo amigo virtual com o qual conversa todos os dias, quando seu marido não está em casa.

Para conseguir parar de mentir ao seu cônjuge sobre suas amizades, você precisa, primeiramente, parar de mentir a si mesmo sobre a influência que elas exercem em sua vida. A partir do momento em que perceber o mal que elas estão lhe causando, e o quanto estão afetando seu casamento, você se sentirá à vontade para contar a seu cônjuge o que está acontecendo. E poderá contar com o apoio dele para pôr um fim nessa amizade.

3. Vícios

Todo comportamento ou substância que causa dependência pode colocar o casamento em risco. Entre os vícios mais prejudiciais à relação estão as drogas, pornografia, comprar compulsivamente e jogatina. Não bastasse os prejuízos causados pelo próprio vício, é bastante comum que a pessoa viciada fique presa a um emaranhado de mentiras para acobertar seu vício.

A não ser que ela reconheça que tem um problema, conte a seu cônjuge o que está acontecendo e peça ajuda, dificilmente conseguirá se livrar de seu vício e, consequentemente, dificilmente conseguirá parar de mentir.

4. Um caso

A infidelidade está entre os erros mais graves que se pode cometer em um casamento e vem acompanhada pelas mais sórdidas mentiras. Depois de descobrir que foi traída, a pessoa começa a se lembrar de todas as mentiras contadas por seu cônjuge, as supostas viagens de trabalho, as mensagens apagadas, as horas extras, as conversas ao celular pelos cantos da casa. É sofrimento que parece não acabar.

Ainda que seja extremamente difícil revelar ao cônjuge que você teve um caso e, fazendo isso, não há garantia de que seu casamento consiga resistir a essa revelação; é o mínimo que você pode fazer para demonstrar que está sinceramente arrependido(a) e deseja preservar seu casamento. Segundo a especialista em Direito de Família, Amanda McAlister, e pela experiência que ela tem com situações dessa natureza, “os casais ficam muitas vezes mais magoados com as mentiras que encobrem um erro do que com o próprio erro.”

Se você está relutando em contar a verdade a seu cônjuge sobre algo que aconteceu, pondere a respeito do conselho da terapeuta Terry Gaspard: “Algumas pessoas acreditam que precisam manter segredos ou mentir para sobreviver em seu relacionamento. Elas não confiam em sua capacidade de enfrentar temas desagradáveis ​​- como problemas financeiros, ou questões relacionadas a erros do passado ou do presente. Mas encontrar maneiras saudáveis ​​de se abrir com o seu parceiro é a melhor maneira de construir uma relação de confiança.” Portanto, liberte-se desse fardo terrível o quanto antes e conte toda a verdade a seu marido ou mulher. É o melhor a ser feito pelo seu casamento e, principalmente, por você mesmo(a).

Para proteger seu casamento contra mentiras e enganações

Toma un momento para compartir …

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.