4 gastos inesperados para quais casais esquecem de se planejar

Contar com algumas despesas extras que podem surgir repentinamente é parte importante da autossuficiência.


Renata Finholdt

Com o orçamento apertado na maioria das vezes o salário da família é distribuído para os gastos do cotidiano tais como, fornecimento de água e luz, telefone, alimentação, combustível, escola das crianças… No entanto, alguns imprevistos podem aparecer e é neste momento que as coisas ficam complicadas.

Gastos inesperados podem surgir, por esse motivo não há como não contar com isso e tampouco deixar de economizar uma parte do salário para não ser pego de surpresa.

Para começar é possível criar uma conta poupança em nome do casal e fazer um depósito inicial, a partir de então definir mês a mês a quantia que se pretende depositar e contabilizá-la em seu orçamento familiar. Quando fizerem isso esqueçam esse dinheiro, ele só deverá ser utilizado em caso de emergência.

Veja se não lhe é familiar algumas destas despesas que surgem repentinamente:

1. Despesas médicas ou com medicamentos

Ninguém planeja ficar doente, mas infelizmente as doenças podem acometer a todos e muitas vezes lidar com o custo do tratamento implica em gastos inesperados. Alguns exames não são totalmente cobertos por planos de saúde e o atendimento público muitas vezes exige um tempo de espera para realizá-los que pode não ser adequado, neste momento ter um dinheiro reservado traz um grande alívio.

Leia: 10 maneiras simples de economizar dinheiro este mês

2. Despesas com automóvel

Que o carro é um meio de transporte fantástico é indiscutível, porém ele também dá algumas despesas de vez em quando sem que esperemos. Em um belo dia você pode tentar dar a partida no seu veículo e ele simplesmente não funciona mais, isso significa despesas pela frente e mais um motivo para lhe convencer a poupar mês a mês para não ficar na mão.

Advertisement

3. Reparos na casa

Vazamentos, entupimentos, goteiras indicam que você precisa de reparos urgentes em sua casa. Quando coisas deste tipo acontecem não há como esperar o mês seguinte para arrumar, é preciso ação imediata, mas como fazer isso se não há um dinheiro reservado ou poupado? Lembre-se, normalmente a mão de obra de um profissional destas áreas é paga à vista.

Leia: 5 hábitos financeiros que farão com que você sofra no futuro

4. Presentes

Presentear as pessoas queridas é tão gostoso, mas hoje em dia um bom presente não é algo muito barato. Sem contar as festinhas da escola dos filhos, aniversários, casamentos e datas comemorativas, esse é realmente um gasto real que precisa ser levado em consideração no planejamento financeiro.

Conversem em família e procurem a partir de agora reservar uma quantia mensal para não serem pegos de surpresa com este e outros gastos que podem surgir e estourar seu orçamento.

Leia: 20 dicas para economizar fácil em casa

Toma un momento para compartir …

Renata Finholdt

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.