3 formas de arrancar seu marido do celular

Ao invés de arrancar o celular do seu marido, descubra formas inteligentes e rápidas para arrancar seu marido do celular e ainda deixá-lo mais apaixonado por você!


Cibele Carvalho

Melhor do que arrancaro celular da mão do seu marido, é fazer com que ele mesmo largue o celular!

Todos os acontecimentos do nosso cotidiano em casal podem ter duas saídas: virar algo que motive uma discussão, ou transformar-se em uma solução positiva de conflito. A escolha é nossa e depende exatamente da reação imediata que temos.

Estudos recentes realizados por neurocientistas revelam que os homens permanecem mais tempo no celular, isso devido aos pequenos estímulos prazerosos que o aparelho traz, causando uma certa dependência desses estímulos.

Em qualquer situação, em qualquer horário possível, param para olhar a tela do celular, verificar suas mensagens, seus vídeos, dedilhar mensagens infindáveis, isso tudo para manter a conexão com os amigos, com o trabalho e com o mundo.

Então, como nós mulheres iremos conseguir ganhar essa batalha entre o celular e nós (e os filhos)?

Seguem a seguir 3 ações simples, mas que podem surtir efeitos imediatos e positivos para arrancar seu marido do celular:

1. Atrelamento

Essa palavra é sinônimo de conexão, mas com um significado mais amplo. Atrelamento, segundo o dicionário informal é estar ligado, amarrado, dar atenção e importância.

Advertisement

Bingo! É exatamente isso que desejamos, que nossos maridos estejam atrelados a nós e nossos filhos, que nos deem atenção e importância.

Para isso precisamos construir esse atrelamento, essa conexão, essa amarração, e esse vínculo com nosso cônjuge, para que ele perceba e sinta o desejo de estar mais conectado com a família do que com qualquer outra coisa quando estiver em casa.

Algumas opções

reuniões familiares com atividades criativas diferentes; jantares românticos; conversas inteligentes; metas e atividades programadas; tradições familiares.

2. Excitações

Segundo a psicologia, o ato de sentir-se entusiasmado com alguma coisa, vem seguido de sentimentos de explosão, de paixão, ou ardente alegria por alguma coisa.

Agora, trataremos do problema dos estímulos celulares mencionados pelas pesquisas neurocientistas, ou seja, se nossos maridos podem ser estimulados por um aparelho que simplesmente não tem cérebro, imagina o que nós, mulheres inteligentes e apaixonadas, podemos fazer por eles para que se sintam mais estimulados?

3. Arremessar

Não, não se trata de pegar o celular da mão dele e arremessar pela parede ou pelo chão, não, não, jamais!

Embora, às vezes, por dentro nosso instinto e vontade de fazer isso sejam fortes, podemos e conseguimos criar as tais soluções positivas de resolução de conflito em nosso casamento, e essa é uma ocasião.

Ao invés de ficarmos discutindo, reclamando, podemos interrogar, perguntar o que ele está vendo, escrevendo, ou fazendo, e então dar espaço e tempo, em seguida partimos para nosso arremesso: lançar nossas armas e fazê-lo se interessar por algo que queremos que se interesse. Fazemos isso com mais propriedade quando conhecemos melhor nosso cônjuge.

Aplique essas 3 palavrinhas mágicas quando sentir-se excluída ou trocada por aquele velho aparelho celular sem cérebro! Lembre-se, você é uma adversária sábia e mais inteligente. Não use armas tolas, use toda sua sabedoria e amor feminino para resolver e ainda garantir a admiração do maridão!

Toma un momento para compartir …

Cibele Carvalho

Bacharel em Direito, Mediadora e Conciliadora de Família, realiza palestras para noivos e recém-casados sobre relacionamentos, especialista em Psicologia Jurídica, esposa, mãe e genealogista.