10 razões para amar o bebê canguru

Você não imagina o quanto esse acessório simples pode trazer benefícios ao seu bebê e a você. Assista ao vídeo e aprenda exatamente a como usar.


Katie Clark

Este artigo foi originalmente publicado no blog “Clark” e republicado aqui com permissão, traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger..

O sling ou canguru foi uma das minhas coisas favoritas com Jack, e é algo em que realmente acredito agora. É, provavelmente devido à flexibilidade que eu consigo ter, mas acho que existem tantos benefícios. Na verdade, fico triste que Jack já tenha passado a fase do bebê canguru (embora o meu canguru suporte até 16 quilos – ele apenas não quer ficar mais nele) porque foi uma experiência maravilhosa. Eu não tinha ideia do que era um bebê canguru antes que eu tivesse o Jack, e fui apresentada a ele ao ler diversos fóruns sobre pais e filhos. Eu fiz o meu envoltório de bebê quando ainda estava grávida, e tenho usado diariamente.

Depois que Jack passou essa fase, eu tentei uma variedade de outros modelos, e realmente aprendi a amar a prática. Como tal, eu pesquisei um pouco (principalmente durante a minha aula de habilidade de escrita na faculdade – e escrevi um artigo sobre isso), e realmente amo promovê-lo às outras mães. Enquanto algumas pessoas não querem usá-lo (e tudo bem), eu recomendo considerar a ideia. Esse tipo de transporte de bebês existe há séculos!

1. Segurança e proximidade

Logo após Jack nascer, eu me lembro de ouvir o ditado “nove meses na barriga, nove meses nos braços”. Basicamente, o bebê fica no útero por nove meses – sempre com você, quentinho e apertado. Então, quando ele nasce, e é de repente colocado neste enorme espaço aberto, não fica sempre perto de você. Os “nove meses nos braços” são o incentivo para você usar o canguru por pelo menos nove meses, para ajudar a adaptação do seu filho para o mundo, mas isso também o ajuda a ainda sentir-se perto e seguro com você.

2. Promove desenvolvimento físico

Você já ouviu falar da síndrome da cabeça chata? É muito comum hoje em dia. Muito disso pode ser atribuído aos pais sendo incentivados a colocar seus bebês para dormir de costas, mas também pode acontecer quando a cabeça da criança se apoia em uma superfície plana, um balanço, um assento de carro, etc. por longos períodos de tempo. Enquanto eu usei um tapete de brincar, um balanço, e um assento de carro, eu usava o canguru ainda mais, o que manteve a cabeça de Jack longe de superfícies planas, o que por vezes, achata a cabeça. O canguru também é bom para o desenvolvimento do quadril, desde que você esteja carregando seu bebê em uma boa posição.

3. Saudável para você!

Algo fascinante que eu encontrei sobre o canguru é que ele pode realmente ajudar a prevenir ou tratar a depressão pós-parto. Mesmo não tendo sofrido depressão pós-parto (apenas depressão pré-natal), houve momentos em que eu me sentia estressada, sobrecarregada, e um pouco triste. É possível que você também tenha se sentido assim. No entanto, quando eu usava o canguru com Jack, isso sempre levantava meu humor. Também li muitas histórias, e até mesmo uma pesquisa, sobre a relação entre o canguru e a melhora da depressão pós-parto. Este também é um ótimo exercício! É como carregar um peso entre 3 e 13 kg o tempo todo.

4. Comunicação

Quando o bebê fica tão perto de si, pode-se interagir com ele mais facilmente. Sempre que eu carregava o Jack, gostava de falar com ele constantemente – explicando-lhe o que estávamos fazendo, para onde estávamos indo, e apenas contando-lhe histórias diferentes. Embora Jack tenha alguns problemas de fala, ele é muito bom em comunicar o que quer, desde muito novinho. A comunicação não é apenas verbal, mas através de sinais físicos e emocionais, movimentos das mãos, e muito mais. O canguru pode ajudar na conexão com seu bebê e aprender essas pistas.

Advertisement

5. Vínculo

Não só é uma grande ferramenta de ligação entre a mãe e o bebê, mas para os pais, avós e outros cuidadores. Eu adoro ver pais usando o canguru, e eu acho que é uma ótima maneira de se relacionar com o seu filho. Eles estão perto, você pode falar com eles, entender suas pistas mais fáceis, e apenas se sentir mais perto.

6. Investimento barato

Os bebês têm um monte de objetos – carrinhos, assentos de carro, berços, balanços, bebê conforto, etc. E, embora muitos deles sejam bons de ter por alguns meses, logo se tornam obsoletos. Enquanto o porta-bebê não dura para sempre, os cangurus podem durar muito tempo – alguns podem ser utilizados desde recém-nascido até três anos de idade! Enquanto normalmente você vai pagar entre 150 a 400 reais por um bom bebê conforto é definitivamente uma perda de dinheiro tal investimento.

7. Menos choro

Jack tinha problemas digestivos, junto com o refluxo ácido, o que resultou em muito chorar. No entanto, quase sem exceção, quando eu o colocava juntinho de mim ele se acalmava quase que instantaneamente. Este parece ser o caso de uma grande quantidade de bebês cujas mães usam o canguru – algumas pesquisas mostram que os bebês que estão aconchegados às mães choram 40-50% a menos. Bastante impressionante.

8. Maior socialização

Usar o canguru não significa que seu bebê vai ser supersocial e também não vai fazer do seu filho um recluso social. No entanto, pesquisas mostram que os bebês que passam pelo canguru normalmente são sociais e se sentem confortáveis com outras pessoas. Se você pensar bem, faz sentido.

9. Conveniência

Eu era capaz de fazer muitas coisas enquanto carregava o Jack. Caminhadas, ida ao supermercado, costurar, trabalhar no computador… Tudo muito bem! Enquanto que com o carrinho houve muitas vezes que eu não queria sair com ele, ou eu simplesmente não pude trazê-lo conosco, e ter o meu canguru na bolsa de fraldas tornava a vida mais fácil. Não ocupa espaço e ainda libera suas mãos para que você possa fazer outras tarefas. Eu amo usá-los no aeroporto também.

10. Dormir melhor

Jack sempre dormia no canguru, que não é incomum para os bebês que são carregados! Se o bebê tem dificuldade para cochilos, definitivamente tente o canguru. A maioria dos bebês dorme muito bem desta maneira. Embora eu apoie completamente o uso do canguru certifique-se de que você o usa com segurança! Certifique-se de verificar este post sobre as noções básicas do uso de canguru para mais informações. Embora existam muitos modelos diferentes, eu recomendo experimentar para ver o que funciona melhor para você. Eu recomendo fortemente ter algum tipo de envoltório para o corpo todo, especialmente quando o bebê é muito jovem. Eles são fáceis de usar, armazenar e levar com você, e mantém o bebê aquecido e confortavelmente apoiado em seu corpo.

Toma un momento para compartir …

Katie Clark

Katie Clark is an undergraduate at BYU majoring in Print Journalism. She is originally from Colorado, but currently lives in Provo, Utah, with her husband and son.