Sua barriga não parava de crescer, e na sala de parto ela não podia acreditar quando viu seu bebê

Era o seu quarto filho, no entanto, este nascimento a deixou perplexa.

Fernanda Gonzales Casafús

Chrissy Corbitt, da Flórida, Estados Unidos, estava grávida de seu quarto filho. Ela era uma mulher com muita experiência na maternidade, o que poderia ser diferente agora? No entanto, quando deu à luz ao seu bebê ela ficou muito surpresa assim como toda a equipe médica. Seu bebê era grande, muito grande.

De acordo com a ABC News, quando Chrissy deu à luz no dia 15 de maio a Carleigh, uma bebê saudável e corada, ninguém pensou que a menina seria tão grande. Chrissy contou que os médicos começaram a rir aliados quando a bebê estava saindo da barriga na cesárea. O que era de se esperar, a bebê era muito, muito grande. Quando a pesaram a balança mostrou 13 libras, o que equivale a uns 5,800Kg. É o peso que o meu bebê menino tinha aos 4 meses.

“Eu não podia acreditar”

Chrissy contou que, ao ser submetida a uma cesárea, não conseguia ver o que estava acontecendo, mas ela escutava os médicos reagindo surpresos. Seu marido, Larry, contou à ABC, “os médicos diziam Oh meus Deus, esta bebê deve pesar 15 libras”. É como se de repente, tivesse nascido um bebê de 6 meses. E o problema é que, tudo o que tinham comprado não servia na bebê. Embora soubessem que ela seria uma bebê grande, nunca pensaram que pesaria quase 6 kg. “Agora ela está usando roupas de um bebê de 9 meses. Ela é enorme”, disse sua mãe.

Por que este bebê nasceu tão grande?

Apesar de ser bonitinho um bebê gordinho, a verdade é que, nascer com peso demais pode trazer certas alterações para a saúde do bebê. Não há nenhuma informação exata sobre esta mãe sofrer de diabete gestacional, e tampouco – pelo que aparecia nas fotos – é uma mãe obesa, o que faz o peso da pequena chamar ainda mais a atenção.

Macrossomia é o termo usado para descrever fetos que crescem excessivamente no útero materno. Segundo o site Web Consultas, quando um bebê ultrapassa os 4kg ao nascer, já pode ser considerado um bebê “grande demais”.

Advertisement

Causas da macrossomia fetal

Embora às vezes não haja uma causa direta com a qual o tamanho do bebê possa ser associado, existem certos fatores que podem contribuir para que a macrossomia ocorra:

Genética

Pode ser que se seus pais forem muito grandes fisicamente, o mais provável é que o bebê também nasça grande.

Duração da gravidez

Um bebê que nasce com 37 semanas não é igual a um bebê que nasce com 41 semanas e teve 4 semanas a mais para desenvolver-se e ganhar peso. Inclusive, meu filho mais novo nasceu com 41 semanas e três dias e nasceu pesando 4,050 kg.

Diabete materna

Se a mãe sofre de diabete durante a gestação do bebê, podem ocorrer casos de macrossomia, pois ao mesmo tempo que aumenta a insulina no sangue, o feto aumenta seu ritmo de crescimento.

Obesidade materna

Se a mãe é obesa o risco de macrossomia é elevado, é por isso que o acompanhamento médico durante a gravidez é essencial, assim como uma alimentação correta.

Advertisement

Um bebê gordinho não necessariamente é um bebê saudável

Ao contrário do que muita gente pensa, um bebê gordinho não é necessariamente um bebê saudável, pois o bebê recém-nascido pode sofrer riscos tais como:

  • Hipoglicemia

  • Policitemia (número excessivo de células vermelhas no sangue)

  • Hiperbilirrubinemia (quantidade excessiva de bilirrubina no sangue)

  • Dificuldades respiratórias

    Advertisement

Cuidados médicos e dieta adequada durante a gravidez

O acompanhamento médico durante a gravidez é fundamental. Comer adequadamente e de maneira saudável e natural não só irá nos fazer sentir muito melhor e mais ativas, mas também irá diminuir as possibilidades de consequências negativas para nosso bebê que está a caminho.

Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original Su vientre no paraba de crecer, y en la sala de partos no pudo creer cuando vio a su bebé.

Toma un momento para compartir ...

Fernanda Gonzales Casafús

Fernanda Gonzalez Casafús é argentina, mãe e formada em jornalismo. Ama os animais, daçar, ler e a vida em família. Escrever sobre a família e a maternidade se tornou sua paixão.