Paz e harmonia no lar: Fazendo de sua casa um refúgio

Porque o mundo pode ser frenético e louco, cada um de nós precisa de um lugar de refúgio e de paz para escapar. Um lugar para nos ?recompor, reagrupar e reenergizar em preparação para futuras pressões.

Stael Ferreira Pedrosa

Qualquer pessoa que faça uma pequena pesquisa na internet, pode descobrir quais são os grandes desafios da humanidade e os principais problemas do mundo atual. Pesquisas revelam que:

A humanidade tem grandes problemas a serem vencidos e as estatísticas não são animadoras. Os maiores problemas a serem vencidos neste começo de século são:

1- Crises econômicas e financeiras em cadeia

2- Revoluções e contrarrevoluções sociais em todo o globo

3- Guerras em cascata

Advertisement

4- Superpopulação mundial

5- Pandemias mortais

6- Mudanças climáticas extremas

O mundo pode ser um lugar inseguro e por vezes frenético. Com tantos problemas, desafios, violência, drogas, doenças, podemos sentir-nos temerosos e sem esperança no futuro.

Quando o mundo parece tão tenebroso cada um de nós precisa ter um lugar de refúgio e paz para descansar; onde possamos renovar nossas energias, encontrar o ambiente seguro e nos prepararmos para nossos próprios desafios. Este lugar é o lar.

Advertisement

Construir um lar que seja um refúgio é outro desafio. Vemos tantas pessoas que preferem estar com outros, ou em viagens ou sair de seus lares por não encontrarem nele aquilo que mais desejam. A paz.

Um lar no sentido mais comum pressupõe um pai, mãe, filhos, amor, brincadeiras, alimentos, conforto, calor, animais de estimação, e todas as coisas que gostamos e temos na vida. Seria maravilhoso se todos os lares fossem assim, mas nem sempre é esse quadro cor-de-rosa. Ainda assim pode ser o melhor lugar do mundo para a pessoa cansada das lutas diárias.

Existem lares sem um dos pais, sem os dois, sem filhos e até sem casa. Lar não é casa, casa não é lar. São duas coisas diferentes. Existem lares formados por amigos que vivem juntos, lares de idosos que são visitados pelos filhos e netos queridos, ou não. Lar de uma pessoa só.

Não é o número de pessoas, ou o tipo de móveis, o conforto ou os alimentos caros que fazem do lar esse lugar tão almejado para o descanso de nossos corpos e nossa alma. Para ser verdadeiramente um lar, nossa casa deve ser construída sobre a Rocha, que é o Salvador Jesus Cristo.

­­­Como posso saber se meu lar está centralizado em Cristo?

Advertisement

Um lar cujo alicerce é o Salvador, apresenta características únicas.

1- É um local de amor

No lar assim as pessoas falam amorosa e gentilmente uns com os outros. Os membros da família se sentem confortáveis, amados e cuidados. Também se preocupam em cuidar do outro.

2- É um local de serviço

As pessoas que ali vivem, servem umas às outras ou prestam serviço junto ao próximo.

3- É um local de aprendizado

Os pais ensinam princípios corretos e conhecimentos seculares a seus filhos. Pessoas que vivem juntas conversam e compartilham experiências e conhecimentos, seus gostos por arte, livros ou filmes. Compartilham também seus talentos, seu conhecimento sobre Deus e sua fé.

4- É um local de crescimento

Todos se apoiam e se edificam mutuamente. Independente dos problemas que temos, sabemos que no lar seremos acolhidos. Seremos estimulados a enfrentar os nossos desafios seguros em uma barra de ferro que é a fé em Jesus Cristo e fortalecidos pelo amor de nossos entes queridos.

Advertisement

Que ferramentas podemos utilizar para fazer com que nossos lares sejam centralizados no Salvador e tenha todos os atributos de um refúgio?

Um líder religioso, engenheiro nuclear e Doutor honorário em Serviço Cristão, reconhecido pela Universidade Brigham Young em 2008, Richard G. Scott em um discurso para milhões de expectadores pelo mundo via internet, ressaltou a importância do lar centralizado em Cristo e como estabelecê-lo:

“Tenho certeza de que você sabe identificar os princípios fundamentais que centralizam seu lar no Salvador. Os conselhos proféticos de orar individualmente e em família todos os dias, de estudar as escrituras individualmente e em família, e de realizar a noite familiar todas as semanas são as vigas mestras essenciais na edificação de um lar centralizado em Cristo. Sem essas práticas regulares será difícil encontrar o refúgio do mundo e a paz que desejamos e de que tanto necessitamos.”

Segundo Richard G. Scott, para centralizar nosso lar em Cristo, o caminho é:

  • Orar individualmente e em família todos os dias

    Advertisement
  • Estudar as escrituras individualmente e em família

  • Realizar noites familiares regulares todas as semanas

Ao estabelecermos um lar centralizado em Cristo abençoamos as vidas daqueles que vivem nele, bem como contribuímos para a paz no mundo. Pois a paz começa em mim. Um mundo melhor começa dentro do lar. Se cada lar puder ser assim, o mundo será um lugar de paz e refúgio.

“Uma das maiores bênçãos que podemos oferecer ao mundo é o poder de um lar centralizado em Cristo, no qual se ensina o evangelho, convênios são guardados e há muito amor.”

Richard G. Scott

Advertisement
Toma un momento para compartir ...

Stael Ferreira Pedrosa

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.