Grazi Massafera prefere não dar brinquedos para a filha no Natal por motivo muito especial

A pequena Sofia tem aprendido desde muito cedo que o que mais importa nesta época.

Renata Finholdt

Chegou a época do ano em que todos ficam preocupados e apreensivos com as compras de Natal, para satisfazer os desejos de seus parentes e amigos e demonstrar através deste gesto o amor que sentem um pelo outro.

Para a atriz Grazi Massafera, essa época é feita de demonstrações de amor diferentes. Desde pequena sua filha Sofia já sabe, esta não é uma época de brinquedos, que segundo a atriz só satisfaz a pequena por alguns breves momentos, mas sim época de demonstrar amor através de pequenos gestos.

A tradição familiar em sua família para a época de Natal é um pouco diferente da maioria de outras famílias pelo mundo. Elas procuram estar juntas e divertirem-se, montam sua árvore de Natal, passeiam, viajam e admiram ter a vovó por perto com artesanatos feitos por ela própria. Segundo Grazi, as tolhas de crochê feitas pela mãe são o carinho em forma de presente, simples e cheio de amor.

Os momentos são mais especiais que os presentes

As pequenas sutilezas já fazem parte da vida da pequena Sofia que aprecia cada beijo de sua mãe para curar seus ferimentos. É desta forma que a família celebra a vida e o Natal, admirando e vivenciando pequenos gestos de amor e carinho.

A tradição de presentear no Natal vem através dos Reis Magos, que presentearam o menino Jesus em seu nascimento. De lá para cá, muitas outras histórias envolvendo presentes no Natal têm surgido, como a do próprio Papai Noel, que nada mais era do que um bom homem que ajudava famílias carentes jogando saquinhos de moedas em suas chaminés nesta época do ano.

Advertisement

Até hoje muitas famílias pelo mundo todo têm como tradição a troca de presentes de Natal. Mas assim como na família da atriz, todos podemos comemorar o Natal através de bons gestos uns com os outros, e ensinar aos pequenos, através deste exemplo, que pequenos gestos são mais grandiosos que imensos presentes.

Pare um pouco e pense em quais famílias a seu redor precisam de um gesto de carinho. Uma pequena visita, um ato de bondade, afeição, demonstrações de afeto, talvez até mesmo em sua própria família. Neste Natal, busque o que há de mais precioso e ofereça o que tem de melhor às outras pessoas, seu coração.

Tbt dá pra se teletransportar ? ?

A post shared by massafera (@massafera) on

Toma un momento para compartir ...

Renata Finholdt

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.