Como ensinar sua família a se prevenir contra o câncer

Segundo o INCA , há uma estimativa de aproximadamente 518 novos casos de câncer no Brasil por ano. Leia em conjunto com sua família o que pode ser feito para se prevenir contra essa doença.

Erika Strassburger

O câncer está entre as doenças que mais matam no mundo. Ele é causado pelo crescimento rápido e desordenado das células. Essas células tendem a ser agressivas e incontroláveis. Invadem tecidos e órgãos, formando tumores malígnos que se espalham rapidamente pelo corpo.

Cerca de 7 milhões de pessoas morrem de câncer todos os anos. 25% delas, em média, morrem de câncer causado pelo cigarro.

Segundo o INC

A (Instituto Nacional de Câncer), há uma estimativa de aproximadamente 518 mil novos casos de câncer no Brasil anualmente. “Os tipos mais incidentes serão os cânceres de pele não melanoma, próstata, pulmão, cólon e reto e estômago para o sexo masculino; e os cânceres de pele não melanoma, mama, colo do útero, cólon e reto e glândula tireoide para o sexo feminino.”

O câncer pode ser hereditário. Se você tem casos na família, você precisa procurar um Centro de Prevenção de Câncer, disponíveis também em hospitais da rede pública de saúde, para um aconselhamento genético, em que será feito um diagnóstico precoce. Se for necessário, você será monitorado através de exames preventivos periódicos. Esse tipo de ação reduz ou atenua significativamente as consequências mais graves da doença.

Advertisement

Leia em conjunto com sua família o que pode ser feito para se prevenir contra essa doença:

1. Não se exponha ao sol,

por tempo prolongado, entre as 10 e as 16 horas (faça ajustes no horário de verão).

2. Tome sol

por 30 minutos diariamente, fora dos horários de risco, para prevenir a leucemia.

3. Passe protetor solar diariamente

, exceto para tomar os 30 minutos diários de sol.

4. Pare de fumar já

Vários tipos de câncer estão associados ao tabagismo, entre eles, os cânceres de pulmão, boca, laringe, faringe, esôfago, rins, ovários, medula óssea, etc.

Advertisement

5. Evite bebidas alcoólicas

6. Evite tomar bebidas quentes

Está comprovado que aumentam o risco de câncer de esôfago.

7. Verifique os medicamentos que você usa

Converse com seu médico se eles podem favorecer o desenvolvimento de câncer.

8. Tenha uma alimentação saudável

Segundo o site Prevenção de Câncer, se você comer “mais frutas, legumes, cereais e menos carnes e alimentos gordurosos” você poderá reduzir as chances de desenvolver câncer em até 40%. “Prefira alimentos frescos aos em conserva. A obesidade é responsável por cerca de 1/3 dos cânceres”.

9. Exercite-se

por, pelo menos, 30 minutos diariamente.

10. Faça o exame da próstata

periodicamente a partir dos 50 anos de idade e um autoexame dos testículos mensalmente.

Advertisement

11. Faça exame de sangue oculto nas fezes

anualmente, se você tem mais de 50 anos.

12. Evite ter relações sexuais fora do casamento

Você pode contrair o vírus HPV e ter mais chance de desenvolver câncer de colo de útero.

13. Faça o exame Papanicolau

periodicamente, se você tem entre 25 e 64 anos, para prevenir o câncer de colo de útero.

14. Faça o autoexame das mamas

mensalmente, a fim de identificar nódulos.

15. Faça mamografia

periodicamente a partir dos 35 anos.

Advertisement

16. Faça uma boa higiene bucal

Examine bem a sua boca e língua.

17. Monitore as pintas, verrugas ou sinais na pele

18. Apalpe a região do pescoço

, para identificar caroços ou alterações na tireóide.

19. Trate as infecções que tiver

Estima-se que 18% dos casos de câncer no mundo estão associados a infecções.

20. Faça a oncologia preventiva,

se há casos de e câncer na família.

Agora que você e sua família já sabem como se prevenirem, façam a sua parte. Não brinquem com a sorte. O câncer é uma doença terrível. Só quem já foi vítima ou presenciou casos de perto, sabe a dor e sofrimento que envolve o câncer e seu tratamento. A prevenção é sempre o melhor caminho. 

Advertisement
Toma un momento para compartir ...

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.