11 benefícios da oração entre casais para o casamento

Quando oramos diariamente com nosso cônjuge podemos obter sabedoria e discernimento, tão essenciais para agirmos corretamente nos momentos difíceis.

Erika Strassburger

A oração é um grande privilégio que Deus concedeu a todos os seus filhos. Podemos orar a sós, com nossa família, nas congregações religiosas, ou com qualquer pessoa que deseje participar deste momento sagrado. Uma das mais sagradas formas de oração é a feita pelo casal. O Frei franciscano Almir Guimarães disse: “Somos cristãos, somos casais e famílias cristãs e é fundamental que a oração venha a ocupar um lugar importante na agenda de nossos casais e de nossas famílias.

Um casal, legitimamente casado, tem o direito de receber bênçãos e revelações divinas para conduzir seu casamento e sua família, e pode requerê-las por meio da oração.

Experimente ajoelhar-se todas as manhãs e noites em oração com seu cônjuge, solicitando a ajuda do Senhor para vencer as dificuldades do seu casamento, e você verá milagres acontecerem, como os que seguem:

1. Proteção para a relação

Peça ao Senhor, diariamente, que proteja seu casamento contra tudo aquilo que possa enfraquecê-lo ou destruí-lo. O mundo prega que os casamentos podem ser celebrados e desfeitos a qualquer instante, por quaisquer motivos. Toda pessoa em sã consciência sabe que o divórcio é a pior saída. Ore com toda a sua força, com seu cônjuge, para que vocês sempre encontrem, juntos, a solução para os problemas.

2. Aperfeiçoamento pessoal e conjugal

Peça-Lhe forças para ser um cônjuge melhor, um indivíduo melhor; para que você consiga cumprir o seu papel dentro do casamento; e que as dificuldades sejam amenizadas a cada dia. Peça ajuda para ser uma pessoa mais justa, honesta, virtuosa, e digna de merecer as bênçãos de que necessita.

Advertisement

3. Melhor capacidade de compreender um ao outro

Ore ao Senhor para que lhe ajude a se adaptar às diferenças, compreendê-las e respeitá-las. Peça capacidade para entender melhor os sentimentos do seu cônjuge, de ser capaz de usar de mais empatia.

4. Capacidade para substituir o egoísmo pelo altruísmo

Rogue ao Pai discernimento para identificar as situações em que o egoísmo impera, a sensibilidade necessária para antecipar-se às necessidades de seu cônjuge e para servi-lo com mais desprendimento.

5. Um diálogo mais claro e pacífico

Peça aptidão para falar com clareza, medir as palavras e falar na hora certa.

6. Mais disposição para perdoar

Diga a Deus que você precisa de ajuda para perdoar com mais facilidade, para esquecer as mágoas passadas e para continuar sem olhar para trás.

7. O fortalecimento do amor

Peça ao Senhor que o amor que sentem um pelo outro possa se fortalecer e amadurecer. E que ambos possam estar comprometidos nesse relacionamento com mesma intensidade.

Advertisement

8. Força espiritual para rejeitar as tentações

Implore por forças para resistir às investidas do inimigo, para não permitir que nada nem ninguém consiga tomar o lugar que pertence ao seu cônjuge na sua vida e no seu coração.

9. Mais capacidade de aceitação dos defeitos e imperfeições, e para reconhecer as qualidades

Peça ajuda para aceitá-lo como ele é, para resistir à tentação de criticá-lo e para conseguir enxergar com mais clareza e constância as suas qualidades.

10. Proteção para os filhos

Peça ao Senhor que proteja seus filhos e seu lar. Que vocês possam ser um exemplo a ser seguido e sua relação possa inspirar o amor e o respeito dentro do seu lar.

11. Mais ânimo para continuar

Peça ao Senhor que, a despeito de qualquer coisa que vocês tenham que passar na vida, que vocês possam enfrentar juntos, sem se deixar abater pelo desalento. Que tenham sempre ânimo para lutar pelo sucesso e felicidade conjugal e familiar.

Para cumprir o propósito de fortalecer o casal, alguns detalhes são importantes durante a oração com o cônjuge:

Advertisement
  • Ela deve ser proferida em voz alta.

  • Os cônjuges devem se revezar. Um ora pela manhã e outro à noite. Podem inverter a ordem a cada dia, como desejarem. O importante é que ambos tenham a oportunidade de orar.

  • É importante que estejam ajoelhados de mãos dadas, um ao lado do outro.

  • Deve-se orar, geralmente, na beira da cama. O quarto do casal é o local da casa onde o casal expressa seu amor com mais intensidade. Mas se estiverem em viagem ou a passeio, escolham um lugar tranquilo e adequado.

  • A oração deve conter, sem reserva, expressões de gratidão por terem um ao outro, e de admiração pelas qualidades do outro, tão essenciais para a felicidade conjugal, como, por exemplo: “Senhor, obrigada pelo(a) marido (esposa) maravilhoso(a) que tu colocaste na minha vida.”, “Obrigada pela paciência da minha esposa em relação às minhas imperfeições!” “Obrigada pelo marido trabalhador e honesto que tenho!”.

    Advertisement
  • Se você não tem o costume de orar, mas gostaria de introduzir essa prática na sua vida, aprenda como orar de maneira eficiente lendo o artigo Como orar com eficiência.

Vivemos numa época em que o casamento está sendo incansavelmente bombardeado por ideias distorcidas e destrutivas que minam as relações conjugais ou promovem conceitos desvirtuados sobre essa instituição tão sagrada. Os casais precisam da ajuda divina mais do que nunca. O Pai Celestial está disposto a abençoar, fortalecer e proteger os casais e as famílias. Precisamos tão somente solicitar Sua ajuda por meio da oração.

Encerro com as sábias palavras de Thomas S. Monson: “Posso oferecer aos recém-casados uma fórmula para que qualquer desavença que venham a ter não dure mais que um dia? Todas as noites, ajoelhem-se juntos ao pé da cama. (…) Posso garantir-lhes que qualquer mal-entendido que acontecer durante o dia se desvanecerá enquanto orarem. Simplesmente conseguirão orar juntos e reter senão os melhores sentimentos um para com o outro”.

Toma un momento para compartir ...

Erika Strassburger

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.